23 de abril de 2007

Um Minuto de Silêncio - Texto Completo do Herman!

Fecho os olhos e deixo-me levar. Os primeiros pingos de Vallium entram-me na veia suavemente por um cateter plantado nas costas da mão direita, e num repente todo o pânico transforma-se em paz, serenidade, e perversa sensação de prazer. Estou a meio de uma angioplastia. Muitos anos de fumo de charuto, exageros alimentares e uma incontornável propensão genética levaram a coronária esquerda a entupir quase a 100%.
Em poucos minutos, vou-me então afastando da competente equipa que me prepara a intervenção, e a dado momento mágico, instala-se o silêncio. Um profundo e dourado silêncio. Um minuto de silêncio foi o que me pareceu. Dizem-me que na verdade durou quase uma hora.
Um silêncio sinónimo de descanso, de ausência de panicos e angústias, de medos, de dores. Um silêncio/mergulho num buraco fresco de felicidade absoluta. Se o meu mundo acabasse naquele momento, se a eternidade fosse aquela total ausência de ruídos, então que viesse a "minha Senhora Dona Morte" para ver se eu me ralava.
O que me rala sim – e muito – é ser-me negado por uma civilização (ainda) mediaval e teocrática, o direito livre à eutanásia. Incondicional. Assim que eu quisesse, e me apetecesse. Tal como José Gomes Ferreira, também acho que “devia morrer-se de outra maneira”. Só que não me basta “transformar-me em fumo, por exemplo. Ou em nuvens”. O que eu sonho mesmo é vir a ter o direito absoluto e inalienável ao meu minuto de silêncio.

10 comentários:

__Eagle__ disse...

um belo texto. hoje fui procurar o livro a uma livraria mas não tinham. :(

Joana disse...

é sem duvida um texto fantástico...mas já estou como o Herman, se é pelo texto dele nao vale a pena comprares...já o tens aqui!:)

IsabelCunha disse...

Obrigada pelo depoimento.
É preciso muitos destes para mudarmos as mentalidades deste país.
Que Democracia se pode chamar a esta que nega o Direito à Liberdade de querer morrer, de querer viver...? Que Democracia é esta que se mete nas nossas vidas e na preciosidade de sermos livres... ou talvez nem por isso!
Obrigada Herman!

Joana disse...

é por isso que ele tem tantos e tão bons inimigos Isabel, ele diz o que pensa, e mete o dedo na ferida desta falsa democracia...e isso claro está, incomoda muita gente...depois há malta como nós, que o entende e apoia nas opiniões!Valha-nos isso!

HFTurbo bruno disse...

Belo texto ! é de facto muito interessante e dá muito que pensar...

Abraços

João Dias disse...

Este texto é de um lirismo espectacular !
Pessoal, o Herman já tem uma página de hi5 !!! Se quiserem escrever-lhe de certeza que ele não se importa que o façam por aqui!
http://hi5.com/friend/profile/displayProfile.do?userid=116279080
Vou-lhe mandar uma msg a dizer o quanto ele significa para mim e o quanto mudou o meu sentido de humor. Espero q ele tenha tempo para me responder. Joana, espero que entendas mandar directamente para ele porque assim posso escrever em pormenor e não apenas uma pergunta e também escuso de te sobrecarregar com mais um email (já deves ter recebido kilos deles).
Pode ser até que consiga concretizar o meu sonho de vir a ser amigo dele.

Joana disse...

lol...João Dias, o Herman não tem nada página do hi5, foi uma página que eu criei, para o Herman Artista, não é uma página pessoal.Se reparares, a única amiga sou eu!:) e depois só tens a biografia e uns videos que escolhi, não é ele, ele não tem tempo nem pachorra para hi5!SE quiseres comunicar com ele, tem de ser mesmo a partir daqui:)

__Eagle__ disse...

não é só pelo texto do Herman. Era mais por curiosidade. Aliás nem ia comprar sem ver de quem eram os textos todos e o preço (é claro). Já agora alguém sabe quanto custa?

Joana disse...

olha eagle, estive com ele na mao, e sinceramente nem tomei muita atenção ao preço, mas salvo erro era 15euros.é que estive a ver uns quantos livros às tantas posso ter confundido os preços.

IsabelCunha disse...

Para quem quiser saber mais sobre o livro, aqui vai:
http://www.guerraepaz.net/?page=books&item=43
http://www.umminutodesilencio.net/Public/Normal/pt-PT/autores.aspx
beijinho bom