15 de maio de 2007

Herman responde à Maman Odette na TV7Dias


A carta da Mamã:

"Para Herman José,
Hermanito,
Obrigado pela carta que me dedicaste pelo Dia Da Mãe, nesta revista da qual somos assíduos leitores. Sei que estás magoado com as injustiças de que tens sido alvo, mas não desistas de fazer felizes as pessoas que gostam de ti e admiram o teu trabalho. Ainda que o teu programa vá para o ar a horas impróprias de um programa de entretenimento, eu sei que há milhares de pessoas que se esforçam para estarem acordadas até tão tarde, só para poderem ter a alegria de te ver. Eu serei com certeza uma delas. Conta comigo para sempre!
Beijos da tua fã e amiga,
Maria Odette."

E a resposta do Herman:

As lágrimas não caíram por um triz. Herman José não gosta de revelar publicamente sentimentos e só isso evitou a lágrima no canto do olho. Os genes alemães, frios, também o ajudaram quando confrontado com a inédita carta pública da sua progenitora, em resposta à mensgem que Herman publicou na nossa revista, alusiva ao Dia da Mãe. "Eu sou muito frio com as emoções", confessa Herman José, assegurando que não foi apanhado desprevenido, pois Maria Odette já o tinha avisado de que iria responder na TV7dias. "Só o facto de ela ter escrito para uma revista uma carta simpática e não de protesto significa que está muito bem. É isso que me agrada no meio disto tudo. A minha mãe, há um ano, jamais escreveria fosse o que fosse. Estava triste e perto da depressão. Agora, mostra que está bem. Ela disse-me que ia responder. Eu, primeiro, achei que estivesse a brincar e não pensei mais nisso. " No Dia da Mãe, o humorista fizera um apelo à progenitora: "Nunca mais te quero ver triste. Já te disse mais do que uma vez : enquanto tivermos saúde, sentido de humor e esta alegria contagiante de viver, tudo vale a pena." Não sobra qualquer dúvida de que a carta é da autoria de Maria Odette. Além de ter chegado através de correio registado, Herman confirma que "é a mesma letra com que ela escrevia os cartões para levar para a escola e que eu tentava imitar...mas não conseguia". Por isso tudo, Herman não tem dúvidas que está de bem com a vida. "Neste momento, estou feliz!"

3 comentários:

__Eagle__ disse...

"não desistas de fazer felizes as pessoas que gostam de ti e admiram o teu trabalho. Ainda que o teu programa vá para o ar a horas impróprias de um programa de entretenimento, eu sei que há milhares de pessoas que se esforçam para estarem acordadas até tão tarde, só para poderem ter a alegria de te ver. Eu serei com certeza uma delas"

Faço minhas as palavras da D.Odette ;)

soraia disse...

e eu tambem sou uma delas!!

Panuci disse...

Eu também sou uma dessas pessoas... Vale sempre a pena ver cada minuto de Herman na TV!